Texto Maior
Texto Maior
Texto Maior
Texto Menor
Texto Menor
Texto Normal
Texto Normal
Contraste
Contraste
Libras
Libras
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Acesso à informação
Acesso à informação
Libras
Mapa do Site

Fartura, domingo, 02 de outubro de 2022 Telefone (14) 3308-9300

Atendimento Atendimento: Atendimento das 08:00 às 17:00.

Sáb
01/10
Parcialmente Nublado
Máx 22 °C
Min 12 °C
Índice UV
11.0
Domi
02/10
Predomínio de Sol
Máx 24 °C
Min 14 °C
Índice UV
11.0
Segu
03/10
Predomínio de Sol
Máx 24 °C
Min 15 °C
Índice UV
11.0
Terç
04/10
Predomínio de Sol
Máx 25 °C
Min 14 °C
Índice UV
11.0

Meio Ambiente e Agricultura - Quarta-feira, 13 de Julho de 2022

Buscar Notícia

Notícias por Categoria

Clínica Veterinária Municipal alerta donos de cães sobre aumento de casos de Cinomose

No último mês, foi observado grande aumento na taxa de mortalidade, nos atendimentos da Clínica Veterinária Municipal, esse aumento está diretamente relacionado aos casos de Cinomose


Clínica Veterinária Municipal alerta donos de cães sobre aumento de casos de Cinomose

A equipe da Clínica Veterinária Municipal (CVM), de Fartura, pede que os donos de cães fiquem em alerta devido ao aumento dos casos de Cinomose no município. O veterinário José Augusto Coelho fez alguns esclarecimentos em torno da doença e informou que a Cinomose é infecciosa, causada por um vírus e afeta os cães. Ela é altamente contagiosa entre os cães e, costuma acometer animais que não terminaram o esquema da vacinação quando filhotes ou que não tomaram a vacina ou até mesmo aqueles vacinados que não costumam receber o reforço anual da vacina (v8, v10 ou v11).

Segundo o profissional, nos estágios iniciais da doença, um dos sintomas mais comuns é a diarreia. Em seguida, um estágio pouco mais avançado é acometido com secreções amareladas saindo pelo nariz e na região dos olhos. Na fase mais tardia, o animal passa a ter o andar desorientado e tremores musculares que podem evoluir para crise de convulsões. 

Os cães podem pegar Cinomose, por diversas formas, dentre elas as mais comuns são, pelo contato com casinha, cobertores, pote de alimentação, secreções, urina ou até mesmo pelas fezes infectadas pelos cães contaminados. Também pode ocorrer a contaminação quando estiver passeando com o animal em locais pelos quais já passaram animais doentes, como por exemplo, ruas, parques ou outros pontos públicos.

Dr. José Augusto divulgou que a principal coisa que pode mudar essa situação é a prevenção através da vacina. A imunização para Cinomose está dentro do pacote oferecido pelas vacinas v8, v10 e v11. No caso de filhotes, devem receber três doses da vacina a partir de 45 dias de vida, com o intervalo de 21 dias.

Nos meses de inverno, o problema fica ainda maior, pois em tempo de frio e chuvas, os animais costumam ficar juntos para se manterem aquecidos, e por ser uma doença viral, essa proximidade facilita a contaminação. No último mês, foi observado grande aumento na taxa de mortalidade, nos atendimentos na Clínica Veterinária Municipal, esse aumento está diretamente relacionado aos casos de Cinomose. “Dessa maneira devemos estar muito atentos à vacinação como meio de prevenção da doença”, conclui o veterinário. 

 

FacebookTwitterWhatsAppImprimir

Voltar para a listagem de notícias

CALENDÁRIO DE EVENTOS

ACOMPANHE-NOS

UNIDADES FISCAIS

Fique por dentro dos índices - ver todas

UFM - 2022

R$ 3,89

Versão do sistema: 2.0.0 - 30/09/2022

Portal atualizado em: 30/09/2022 18:42:11

Prefeitura Municipal de Fartura - SP.
Usamos cookies para melhorar a sua navegação. Ao continuar você concorda com nossa Política de Cookies e Políticas de Privacidade.